10 tendências para as marcas em 2019

Estamos vivendo uma época de transformações radicais à medida que o mercado varejista continua a mudar em ritmo acelerado.

Michael Stone, presidente e co-fundador da Beanstalk, uma agência de licenciamento e consultoria de extensão de marca global, escreveu para Forbes 10 tendências que as marcas precisam ficar de olho. 

Trouxemos as 10 para comentar brevemente com vocês:

1- Experiências:  As marcas continuarão a buscar maneiras de “atrair” os consumidores em vez de empurrá-las para eles. Haverá mais “experiências” oferecidas – tanto virtuais quanto físicas.

2- Realidade aumentada: A Realidade Aumentada (AR) facilita os consumidores  a obter informações, ver e experimentar produtos, tomar decisões de compra e se envolver diretamente com uma marca.

3-Posição e Propósito: As marcas estão cada vez mais conscientes de que os consumidores mais jovens querem que suas marcas assumam uma posição e tenham um propósito no mercado.

4- Produtos “antigos”: Vários produtos denominados como “antigos” estão voltando. Embora as pessoas estejam viciadas em um mundo “futurista”, as marcas também parecem olhar para trás. 

5 Influenciadores:  Essa estratégia de comunicação está prestes a se tornar muito mais sofisticada e acertiva, pois as empresas de produtos de consumo sabem como usar os influenciadores (tanto os famosos quanto os não tão famosos) para comunicar suas mensagens de marca. 

6-Online e Offline: O varejo on-line e off-line continuará em ritmo acelerado. Varejistas on-line irão atacar de forma agressiva, mas os varejistas de lojas físicas não ficarão para trás no que diz respeito ao varejo on-line (por exemplo, Walmart, Target, Macy’s, para citar alguns).

7. eSports: O eSports, modalidade de competição profissional com videogames, veio para ficar. Há centenas de milhares de telespectadores para qualquer evento individual, jogadores ganhando status de celebridade, equipes cada vez mais populares e competição entre as ligas se aquecendo. Mais marcas (incluindo varejistas) buscarão entrar em ação como patrocinadores ou licenciados.

8. Cannabis: Como a cannabis se tornando legal em mais países e estados, ela será comercializada como qualquer outro produto de consumo e a indústria recreativa de cannabis evoluirá como qualquer outra indústria de produtos de consumo. A Constellation Brands (fabricante da cerveja Corona), a Altria (fabricante dos cigarros Marlboro) e a InBev (fabricante da Budweiser) já anunciaram investimentos em empresas de cannabis canadenses.

9. Marcas digitais: Marcas mais jovens, experientes em termos de internet e nativas digitais continuarão a florescer e aumentar. Alguns deles estão, pouco a pouco, comendo a fatia de mercado das grandes empresas de produtos de consumo. Por exemplo, o Harry Shave Club está comendo a fatia de mercado da Gillette and Schick, como outras diversas empresas.

10. Geração Z: Mais atenção será dada à Geração Z (nascida após 1998). Eles são 25% da população e serão uma onda maior do que os Millennials e Baby Boomers. Eles são nativos digitais e conhecem pouco do mundo antes dos smartphones, Amazon e Google.

Fonte: Forbes, 2019


Compartilhe:

Caroline Zander Neves

22 anos, gaúcha, formada em Publicidade e Propaganda, com ênfase em Marketing, na faculdade ESPM Sul. Atualmente atuando como analista de marketing e pesquisadora de mercado. Adora estudar comportamentos, psicologia do consumidor e tem interesses sobre a área de neuromarketing. Está sempre ligada em tendências, novidades do mercado e tecnologia.

Uma resposta para “10 tendências para as marcas em 2019”

  1. Vera Muller disse:

    Oi Carol. Amei o Artur post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *