13
dez

80 anos da Lacoste

A famosa marca do crocodilo tem história antes mesmo de sua criação, isso porque ela foi inspirada no apelido que seu fundador recebeu em um importante torneio de tênis.

Em 1923,  o tenista francês Jean René Lacoste era um dos representantes de seu país na disputa pela Taça Davis. Durante a competição, ele foi apelidado de “Le Crocodile” após ter feito uma aposta com o capitão de sua equipe. O técnico prometeu-lhe uma mala de couro de crocodilo caso ele vencesse um jogo importante para seu time (composto também por Jean Borotra, Henri Cochet e Jacques Brugnon). Com a vitória, o apelido pegou de vez.

 

lacoste inicio

 

Um amigo de René, Robert George, desenhou para ele um crocodilo que foi bordado na camisa usada durante os jogos. Feita de algodão com malha arejada e confortável, o modelo tinha mangas curtas, gola e pequenos botões, tornaria-se um grande símbolo da marca que estava por surgir.

Pouco anos depois, aos 25 anos, ele abandonou as quadras por causa de uma tuberculose e dedicou-se a uma grande ideia: fazer confortáveis camisas de malha para a prática do tênis e carimbá-las com o bicho que era seu maior símbolo.

Em 1933, junto a André Gillier, proprietário de uma das maiores fábricas francesas de roupas, ele fundou a La Chemise Lacoste para produzir e comercializar a camisa pólo bordada com o logotipo que tinha criado para seu uso pessoal nas quadras de tênis, além de outros modelos de camisas feitas para a prática do tênis, golfe e esportes marítimos, como o iatismo.

Esta foi a primeira vez que uma marca estampou sua “etiqueta” do lado de fora da roupa, tornando o logotipo visível e fazendo com que o próprio produto se tornasse uma mídia publicitária, prática muito comum nos dias de hoje.

A marca que revolucionou as camisetas esportivas na década de 30, possui diversos modelos de vestuário (feminino, masculino e infantil), além de oferecer ao mercado outros produtos como calçados, perfumes, óculos, relógios…

 

lacoste

 

Aos 80 anos, a Lacoste parou para imaginar como serão as icônicas camisetas pólo do futuro. Num vídeo que traz algumas possibilidades, a marca convida os internautas a se juntarem nesse “movimento” e pensarem como serão as novas tecnologias do vestuário.

 

 

 

 

Por: Juliana Cappelatti

 

Fontes: Lacoste, Mundo das Marcas e Exame.com

por: Marketing Viewer

Comente






Por favor, digite os caracteres desta imagem na caixa de entrada

51 9246.0751 | vm@veramuller.com.br
© MARKETING VIEWER 2017