A reinvenção do varejo no ambiente real!

O varejo para manter e acima de tudo criar atratividade ao consumidor está se reinventando no seu modelo de negócio. Para que isto aconteça de uma forma planejada e sustentável é preciso marcar um posicionamento claro.

Posicionamento claro está relacionado à identidade  da marca do varejo,o que reflete no  seu mix de produtos ,estratégias de preço, atendimento, e ambiente físico.

Para o ambiente físico surge uma proposta de loja temporária permanente, ou seja, reinventa-se a cada lançamento. Em uma periodicidade programada ela fecha por alguns dias, e muda o  visual da loja.

A loja deixa de ser estática, mas apresenta a mobilidade em reinventar-se e com esta mudança atrai os consumidores com as novidades de produtos  no ambiente físico. Para que este projeto seja viável é preciso planejar a estrutura da loja para que seja possível a troca de seu visual com um custo competitivo. Como adesivagem, vitrine móvel, entrada móvel da loja, painéis, iluminação, ilustrações e música alinhada a proposta da marca. É um show para o consumidor!

O interessante é que o ambiente físico da loja tem uma nova função : ”Como uma campanha publicitária”, informa sobre o novo lançamento proporcionando ao consumidor uma experiência única.

A loja não deve mudar apenas a vitrine, mas reinventar-se , lembrando que esta ação deve ser percebida pelos consumidores e trazer retorno financeiro. Valor que não é percebido é custo.

As pop ups  já são sucesso  em algumas cidades brasileiras com uma conceito itinerante, o negócio é tornar o temporário em permanente ,  reinventar-se    a cada lançamento, dando espaço para a criatividade.

Para a nostalgia, onde o retrô é moderno, inserido em diversos segmentos como o design retrô  dos automóveis, eletrodomésticos e roupas agora também aplicado aos serviços.

A nostalgia está no atendimento como o armazém da esquina que o proprietário e o vendedor sabiam o seu nome, mas não por um programa de CRM, mas realmente conhecem a  pessoa, seus interesses, fazem parte de sua vida. O que denomino a humanização do atendimento.

Um relacionamento verdadeiro e transparente. Não padronizado feito os fast foods com falas demarcadas.

Duas estratégias simples: o temporário permanente – reinventar o seu ambiente físico com criatividade- e a humanização do atendimento. Resgato a importância do alinhamento das estratégias com o posicionamento da marca. Tenha foco no seu negócio. A simplicidade estratégica  proporciona viabilidade de implementação e valor percebido ao consumidor.


Compartilhe:

Vera Müller

Mestre em Gestão Empresarial com ênfase em Marketing pela UFRGS, denomina-se uma apaixonada pelo marketing e estratégias inovadoras. Cursou especialização na HEC Paris, MBA na ESPM em Porto Alegre, graduação em Administração de Empresa e Contabilidade na FACCAT é admiradora de marcas, estratégias e ideias inovadoras. Recentemente encontrou no esporte uma nova paixão, hoje é praticante de corridas e está sempre em busca de novos desafios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *