20
ago

Ambiente digital: um ambiente democrático para oferta e procura.

A internet revolucionou a forma de ofertar produtos e serviços pela perspectiva do pequeno, médio e grande empresário e a procura através do processo de compra pela perspectiva do consumidor das diversas classes sociais.

Alguns modelos de negócios antes do ambiente virtual eram inimagináveis, como por exemplo, a marca Ipiranga. O core business desta marca era energia /combustíveis, atualmente vende tudo o que se possa imaginar pela sua loja virtual, tanto que se destacou em 2010 com o melhor desempenho no setor atacado, conforme revista Exame.

 O grande negócio da Ipiranga é a marca, ou seja, os valores desta marca na mente do consumidor, valores essenciais como credibilidade, qualidade e confiança que se estendem por anos atendendo diferentes gerações, foram cruciais para a mudança de foco do negócio.

As competências desta empresa transcendem a venda de combustíveis de forma presencial, mas visa novos pilares como logística de produtos, barganha de compra, comunicação digital entre outras que atendente as novas diretrizes da empresa.

A elasticidade horizontal de marca é uma estratégia que algumas empresas estão adotando, não só pelo ambiente virtual proporcionar facilidade e disponibilidade para um portfólio extenso de produtos em diferentes segmentos ao mercado, mas pelo conhecimento e relevância da marca.

A estratégia de elasticidade horizontal da marca é quando ela atua em segmentos diferentes, com hábitos de compras distintos, em um fluxo novo da cadeia de valor (fornecedor, indústria, intermediário e consumidor final).

Exemplo: a marca Ipiranga atua no segmento de combustível, loja de conveniência e em loja virtual a qual oferece os mais diversos produtos, além de aproveitar a convergência destes negócios para a estratégia de milhagem, uma forma de “fidelizar” os clientes.

Além desta forma de negócio, o ambiente virtual é uma oportunidade
para marcas desconhecidas atuarem no mercado, desde o negócio individual
até o grande negócio, pois o ambiente virtual está aberto a ideias inovadoras com baixo custo e alta visibilidade aos internautas.

O custo é proporcional ao seu crescimento e necessidade de investimento, quando menciono “baixo custo”, está correlaciono ao custo versus benefício.

Muito mais do que entretenimento, comunicação e informação, esse ambiente virtual está se tornando um novo canal de comércio, cheia de particularidades e especificações que exigem das empresas total atenção, independente do segmento em que atuam.

Em um ambiente virtual democrático, que proporcionada a muitos brasileiros o
acesso de informações e produtos antes restritos por fronteiras físicas, deve
ser inserido nas estratégias das empresas, como o caso da marca Ipiranga. A maior limitação do seu negócio está no desenvolvimento das competências que a diversidade nos negócios exige, e não mais ao acesso do consumidor. Bem- vindo à acessibilidade entre os consumidores e as marcas.

 

por: Marketing Viewer
Tags:
Categoria: Business, Comportamento

Comente






Por favor, digite os caracteres desta imagem na caixa de entrada

51 9246.0751 | vm@veramuller.com.br
© MARKETING VIEWER 2017