Após repercussão do aplicativo Lulu, empresa lança versão reversa de app

Nesta semana, o aplicativo Lulu, recém-lançado no Brasil, deu o que falar. O app para Android e iOS cuja função é criar um catálogo de ex-namorados com notas para os mesmos, está ganhando seu oposto: o Tubby. Nele, homens poderão fazer o mesmo que as mulheres no Lulu: classificar e dar notas para ex-namoradas e afins. Polêmicas à parte, tais aplicativos representam o quanto a privacidade e a individualidade podem ser comprometidas à revelia do usuário na rede, o que nos deve fazer repensar a forma como nos relacionamos online.

 

http://olhardigital.uol.com.br/noticia/39055/39055lulu


Compartilhe:

Vera Müller

Mestre em Gestão Empresarial com ênfase em Marketing pela UFRGS, denomina-se uma apaixonada pelo marketing e estratégias inovadoras. Cursou especialização na HEC Paris, MBA na ESPM em Porto Alegre, graduação em Administração de Empresa e Contabilidade na FACCAT é admiradora de marcas, estratégias e ideias inovadoras. Recentemente encontrou no esporte uma nova paixão, hoje é praticante de corridas e está sempre em busca de novos desafios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *