Aproximando o problema

Conseguir doações para qualquer tipo de causa pode não ser uma tarefa muito fácil, nem muito simples.

Por mais que as pessoas reconheçam o problema, não são todas que estão dispostas a ajudar.

Foi por isso que a agência Jon Von Matt, da Alemanha, criou uma ação para a The Alzheimer’s Society Baden-Württemberg, instituição que combate a “doença do esquecimento”.

Com praticamente nenhum custo, a ação criativa aproximava os possíveis doadores do problema que as pessoas atendidas pela fundação passam.

Foram escritas 9.000 cartas sem selo pedindo doações. Como os Correios devolvem todas cartas sem o selo, eles colocaram o endereço do destinatário no campo do remetente para o público-alvo receber a suposta carta que ele “enviou” há alguns dias. Como as pessoas não lembram de ter feito isto, elas experimentam por alguns minutos como um paciente que sofre de Alzheimer se sente.

Veja o vídeo da ação para entender melhor:

Esta ação recebeu o Bronze no Clio Awards e entrou no short list de Cannes.

 

Fonte

 


Compartilhe:

Vera Müller

Mestre em Gestão Empresarial com ênfase em Marketing pela UFRGS, denomina-se uma apaixonada pelo marketing e estratégias inovadoras. Cursou especialização na HEC Paris, MBA na ESPM em Porto Alegre, graduação em Administração de Empresa e Contabilidade na FACCAT é admiradora de marcas, estratégias e ideias inovadoras. Recentemente encontrou no esporte uma nova paixão, hoje é praticante de corridas e está sempre em busca de novos desafios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *