Brasil é sensível à publicidade com apelo emocional

O brasileiro é mais sensível a filmes publicitários com apelo emocional, segundo a pesquisa “Comunicação Global – Como as diferenças culturais impactam a performance da propaganda”. De acordo com o estudo, o consumidor brasileiro é pouco racional e aprecia abordagens mais irreverentes na hora dos comerciais. A pesquisa também mostra que a utilização de apelo racional é mais aceita em países asiáticos e menos bem vista na América Latina (24%) e África (25%). Em contrapartida, os comerciais com apelo emocional são mais bem aceitos na América Latina (30%) e menos na Ásia (15%).

Fonte: Propmark


Compartilhe:

Vera Müller

Mestre em Gestão Empresarial com ênfase em Marketing pela UFRGS, denomina-se uma apaixonada pelo marketing e estratégias inovadoras. Cursou especialização na HEC Paris, MBA na ESPM em Porto Alegre, graduação em Administração de Empresa e Contabilidade na FACCAT é admiradora de marcas, estratégias e ideias inovadoras. Recentemente encontrou no esporte uma nova paixão, hoje é praticante de corridas e está sempre em busca de novos desafios.

Uma resposta para “Brasil é sensível à publicidade com apelo emocional”

  1. Boa noite!
    Sou estudante de comunicação social e neste semestre irei escrever um artigo sobre apelo emocional e achei relevante os dados encontrados neste post. Gostaria de saber se seria possível me enviar a fonte, pois a fonte que esta no post não é corretamente direcionada.
    Desde já agradeço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *