08
mar

Ciclo de Vida dos Produtos

Na teoria, todo produto passa por um cliclo de vida onde ocorre a introdução no mercado, o tempo em que ele cresce, ou seja, as pessoas passam a conhecê-lo e a comprá-lo, quando ele atinge a sua maturidade e, após, inicia seu declínio, ao tornar-se ultrapassado.

No entanto, existem muitos produtos que estão no mercado por muitos e muitos anos e não apresentam nenhum sinal de que estão ultrapassados ou vão iniciar seu declínio. Casos como estes que foram citados no site da revista Exame, na matéria “8 marcas que sua avó já utilizava”.

Veja:

Maizena

A marca Maizena começou a ser vendida no Brasil em 1874, importada da Corn Products Company (CPC), dos EUA. Aqui, é fabricada desde 1930, quando a Refinações de Milho Brasil, subsidiária da CPC, abre uma fábrica em São Paulo.

Granado

Fundada em 1870 no Rio de Janeiro, a Granado foi uma das fornecedoras oficiais de produtos farmacêuticos para a Família Real no Brasil.

Phebo

A Phebo foi fundada em 1930, no Belém do Pará. Seu primeiro produto – e um dos mais tradicionais – foi um sabonete oval e escuro. Em 1988 a marca foi vendida para a multinacional Procter&Gamble, e em dezembro de 1998 passou para as mãos da americana Sara Lee, voltando para solo brasileiro em 2004, quando foi adquirida pela Granado.

Minancora

Hoje com quase 100 anos, a pomada Minancora passou por apenas uma mudança, em 1992, quando a embalagem de metal foi substituída pela de plástico. A fórmula nunca foi alterada.

Leite de Rosas

Inicialmente um líquido leitoso feito de álcool e cânfora, o Leite de Rosas nasceu em 1929 e já na década de 30 fez dos patrocínios uma forte ferramenta de marketing, expondo a marca em grandes eventos e contratando celebridades do rádio e da TV para campanhas.

Aviação

A Latícinios Aviação começou em 1920, com a fabricação de secos e molhados em São Paulo e de laticínios – em especial a manteiga em lata -, em Minas Gerais.

Neutrox

O condicionador Neutrox chegou ao mercado em 1974, quando ainda se usava a terminologia “creme rinse”. Desde sua primeira aparição nas prateleiras, a embalagem do produto não é conhecida de outra forma: tampa vermelha e frasco cilíndrico.

Leite Moça

Primeiro produto da Nestlé a ser fabricado no Brasil, o leite condensado Moça deu nome a uma linha que hoje possui outros 17 produtos em cinco categorias diferentes, incluindo pudins, docinhos prontos, biscoitos, sorvetes, chocolates e cereais matinais.

Importado dos Estados Unidos desde 1890, o leite condensado trazia o nome em inglês no rótulo: “Milkmaid”. Por ser difícil de pronunciar, os consumidores pediam pelo produto como “leite da moça”,  em referência ao desenho da camponesa que ilustrava as embalagens.

por: Marketing Viewer

Comente






Por favor, digite os caracteres desta imagem na caixa de entrada

51 9246.0751 | vm@veramuller.com.br
© MARKETING VIEWER 2017