Classe C

Nos últimos anos, 22 milhões de pessoas migraram para a classe C, o que aumentou o seu poder de consumo. Segundo critério da Associação Brasileira das Empresas de Pesquisa, a classe C divide-se em C1 e C2, com as respectivas rendas de R$1.400,00 e R$ 950,00. Com este cenário, muitas empresas estão focando a Classe C. O importante é criar projetos específicos, levando em conta as características do consumidor de baixa renda.


Compartilhe:

Vera Müller

Mestre em Gestão Empresarial com ênfase em Marketing pela UFRGS, denomina-se uma apaixonada pelo marketing e estratégias inovadoras. Cursou especialização na HEC Paris, MBA na ESPM em Porto Alegre, graduação em Administração de Empresa e Contabilidade na FACCAT é admiradora de marcas, estratégias e ideias inovadoras. Recentemente encontrou no esporte uma nova paixão, hoje é praticante de corridas e está sempre em busca de novos desafios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *