13
jan

É verdade! A Zappos tem o índice de felicidade dos funcionários.

(Por Vera Muller)

Por quê as empresas investem em felicidade para os seus funcionários? Por um motivo simples e lucrativo: funcionários felizes geram felicidade aos seus clientes. Clientes felizes tem propensão a lealdade às marcas.

A estratégia da felicidade é coisa séria, não é apenas uma frase de impacto, requer conhecimento e planejamento. Os mentores das empresas estão se conscientizando da transformação dos negócios. Empresas “doentes e neuróticas são ineficazes” não atraem talentos e nem clientes.

Sem talentos e clientes as empresas não sobrevivem, então o negócio é repensar o modelo de gestão, uma tarefa desafiadora para maioria das empresas com estilo cartesiano, administradas através do princípio da sofrência, trabalhar  estressado e infeliz para ter resultado.

O trabalho não é excludente da felicidade, pelo contrário, quando encontramos felicidade no trabalho somos mais eficazes e competitivos , criamos valor às marcas pois somos mais criativos e solucionamos problemas com mais facilidade e eficácia, além de convivermos com o espírito de equipe, sem a política do “puxa o tapete”.

O espírito de equipe contribui com a inteligência coletiva e colaborativa, há uma pré disposição em agregar , transcende o individualismo, tornando as marca mais fortes e competitivas.

A  citação do livro Romantize seus negócios de Tim Leberecht página 20, corrobora com este pensamento : “… para os economistas esclarecidos a felicidade não é mais um meio para um fim; ela é o fim. As Nações Unidas emitiram uma Resolução de Felicidade e lançaram um Dia Internacional da Felicidade; a Harvard Business Review apresentou “o fator felicidade”na capa de uma edição de 2012, e o varejista Zappos, entre outras empresas, implantou um “índice de felicidade dos funcionários” inspirados no Índice de Felicidade Nacional Bruta do Reino do Butão, criando inclusive uma plataforma para “entrega de felicidade”e um diretor geral de felicidade.

Quem é a Zappos? A Zappos é uma loja online americana que vende sapatos e roupas pela internet que foi comprada pela Amazon 1.2 bilhões de dólares. Então, se a Zappos  está pensando em índice de felicidade para seus funcionários , é um indicio que este negócio é no mínimo uma estratégia com vantagem competitiva para a marca e seus funcionários.

Estamos vivendo a era do ser humano, isto é um fato. Open mind, o mundo está mudando porque as pessoas estão mudando, o seu consumidor mudou , o seu funcionário mudou, então, nos resta apenas uma saída, entendermos a mudança  e repensarmos o nosso negócio.

por: Marketing Viewer

Comente






Por favor, digite os caracteres desta imagem na caixa de entrada

51 9246.0751 | vm@veramuller.com.br
© MARKETING VIEWER 2017