Marketing que emociona

Quem não lembra do comercial com os bichinhos da Parmalat?

O sucesso dessa campanha foi tão grande que, 11 anos depois, o comercial voltou com os mamíferos  maiores:

O sucesso desse comercial é a emoção que ele desperta, o chamado marketing emocional. É a capacidade de emocionar os consumidores pela renovação incremental, cuja proposta é dramatizar e facilitar o relacionamento entre as pessoas.

O marketing emocional é a solução para o desgaste das receitas tradicionais de marketing. Nele o consumidor deve ser visto como uma pessoa real e com sentimentos, e não apenas como um potencial comprador.

Toda experiência do consumidor estimula emoções, que podem ser positivas ou negativas. Cabe a empresa/marca proporcionar ao cliente as melhores emoções possíveis.


Fonte: Site O Melhor do Marketing, em texto de Andrea Gomes.


Compartilhe:

Vera Müller

Mestre em Gestão Empresarial com ênfase em Marketing pela UFRGS, denomina-se uma apaixonada pelo marketing e estratégias inovadoras. Cursou especialização na HEC Paris, MBA na ESPM em Porto Alegre, graduação em Administração de Empresa e Contabilidade na FACCAT é admiradora de marcas, estratégias e ideias inovadoras. Recentemente encontrou no esporte uma nova paixão, hoje é praticante de corridas e está sempre em busca de novos desafios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *