Na Classe C, 60% das conexões à internet serão de banda larga em 2020

A previsão é que até 2020, grande parte da população brasileira pertencente à Classe C (atualmente dividida em classe C1 e C2, com renda familiar respectivamente R$1.400,00 e R$ 950,00) terá acesso à internet em casa, e 60% dessas conexões serão de banda larga. Isso representa um aumento de 53 pontos porcentuais em relação a 2008, segundo um estudo do Programa de Estudos do Futuro da Fundação Instituto de Administração (Profuturo/FIA).  Atualmente 51% dos consumidores que fazem compras pela internet são da classe C, D e E, assim como 68% dos portadores de cartão de crédito e 72% dos donos de cartões de lojas. (fonte e – bit)O impacto no aumento significativo das conexões à internet pela classe C reflete em mudanças como: aumento das vendas on-line, aumento da publicidade on-line, aumento nas redes sociais e maior poder de influência nas marcas e produtos pelos consumidores.Caminho sem volta, o importante que as empresas começem a praticar negócios e publicidade on-line  o quanto antes, quem sair na frente terá maior curva de experiência em relação aos concorrentes.(clic na pirâmide para visualizá-la melhor).

 

 


Compartilhe:

Vera Müller

Mestre em Gestão Empresarial com ênfase em Marketing pela UFRGS, denomina-se uma apaixonada pelo marketing e estratégias inovadoras. Cursou especialização na HEC Paris, MBA na ESPM em Porto Alegre, graduação em Administração de Empresa e Contabilidade na FACCAT é admiradora de marcas, estratégias e ideias inovadoras. Recentemente encontrou no esporte uma nova paixão, hoje é praticante de corridas e está sempre em busca de novos desafios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *