O mercado de luxo

O ano de 2008 foi marcado por uma crise que veio de “surpresa”. É isso que se sabe no Brasil, por informações dos noticiários e de algumas empresas que perderam muito dinheiro. Porém, uma pesquisa realizada pela consultoria Bain & Company mostra que o mercado de luxo nos países que compõem o Bric (bloco formado por Brasil, Rússia, Índia e China), com crise e tudo, deve crescer, em média, 25% nos próximos cinco anos. E o mercado brasileiro, com faturamento estimado hoje em 1,6 bilhão de dólares ao ano, é o que deve registrar o maior aumento nesse período: cerca de 35%.

 

Esta informação é da revista Veja. O que nos mostra mais uma vez, que em tempos de crises, sempre há oportunidades. Devemos parar de falar em crise e lamentá-la, e pensar estrategicamente em novas oportunidades e colocá-las em prática.

 

Quem sai ganhando? Todos, o Brasil, o povo com emprego, a economia, as pessoas com renda, que podem investir e consumir. Comente.


Compartilhe:

Vera Müller

Mestre em Gestão Empresarial com ênfase em Marketing pela UFRGS, denomina-se uma apaixonada pelo marketing e estratégias inovadoras. Cursou especialização na HEC Paris, MBA na ESPM em Porto Alegre, graduação em Administração de Empresa e Contabilidade na FACCAT é admiradora de marcas, estratégias e ideias inovadoras. Recentemente encontrou no esporte uma nova paixão, hoje é praticante de corridas e está sempre em busca de novos desafios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *