Vídeo institucional

Artigos com a Tag: Consumidor

15
maio

Camil reforça sua comunicação na região Nordeste

Buscando ampliar sua participação no mercado nordestino, a marca investe na mídia regional e no ponto de venda para impactar o consumidor. Fortaleza, Recife, Salvador e São Luís são as principais praças A partir da segunda quinzena de maio, a Camil aumenta seu investimento em comunicação na região Nordeste. Há mais de 50 anos fazendo parte do dia a dia do brasileiro, a empresa espera aumentar sua participação nesse importante mercado. Além de patrocínio no programa Masterchef, a empresa veicula filme estrelado pelo nadador Gustavo Borges, que traz a assinatura COM CAMIL, SEU ARROZ COM FEIJÃO DÁ FORÇA AO BRASIL. Mobiliário
por: Marketing Viewer
07
fev

Crescimento do mercado digital no Brasil

Mesmo com o recuo do setor varejista, a previsão é de que o e-commerce cresça 17% no país em 2017, de acordo com Pesquisa Conjuntural do Comércio Eletrônico FecomercioSP/Ebit. Este desempenho deve seguir até pelo menos 2019.
por: Marketing Viewer
06
fev

Unilever se compromete a ter 100% das embalagens de plástico recicláveis, reutilizáveis ou compostáveis até 2025

  Paul Polman reforça papel da indústria na construção da economia circular e na promoção do gerenciamento responsável e eficiente das embalagens após o uso pelo consumidor Londres, Reino Unido – Em linha com o seu Plano de Sustentabilidade – que tem como visão gerar crescimento para o negócio enquanto reduz o impacto ambiental e aumenta o impacto positivo na sociedade – a Unilever anuncia o compromisso de ter 100% de suas embalagens de plástico reutilizáveis, recicláveis ou compostáveis até 2025. Além disso, a companhia também se compromete a reduzir um terço o peso das embalagens até 2020 e a aumentar em ao menos
por: Marketing Viewer
06
dez

Volkswagen lança sub-marca de mobilidade

Foi durante a abertura de conferência de tecnologia TechCrunch, em Londres, que a Volkswagen revelou a nova sub-marca MOIA, que ficará responsável pelos projectos de mobilidade, à semelhança do que acontece com a sub-marca i na BMW e a EQ da Mercedes-Benz. Esta nova marca, que terá sede em Berlin, será liderada por Ole Harms, que já tinha a seu cargo a unidade de novos negócios e mobilidade do Grupo Volkswagen. Esta será a resposta do grupo depois do escândalo da manipulação das emissões em motores a gasóleo, como forma de reconquistar aqueles que perderam a confiança na marca e
por: Marketing Viewer
29
ago

Geração Y: senso comum está errado

Estudos e pesquisas recentes derrubam diversos conceitos até então propagados sobre o comportamento do grupo nascido nas décadas de 1980 e 1990. Entenda Por Renata Leite | 29/08/2016 renata.leite@mundodomarketing.com.br Geração da internet. Geração do mi mi mi. Geração conectada. Geração que abraçou causas. São muitas as generalizações colocadas nos ombros dos nascidos nos anos 1980 e 1990, a tão comentada Geração Y. Essa foi, provavelmente, a faixa etária mais estudada pelo Marketing na história da disciplina, mas mesmo assim ainda não foi integralmente desvendada. Especialmente, porque seus membros não têm comportamentos tão definidos assim, como apontam estudos mais recentes. Quem pensa que os indivíduos da Geração
por: Marketing Viewer
03
ago

Marketing 3.0 – Marcas com coragem, criam um mundo melhor!

Introdução Ao longo dos anos, o marketing evoluiu, acompanhando as mudanças do cenário macroeconômico, desde a era industrial, com  a padronização dos produtos , passando pela  era da informação, com a tecnologia da informação, e a atual voltada para os valores. Desta forma as estratégias de marketing são desafiadas por diferentes versões, porém nem todas as empresas conseguem acompanhar as mudanças. A maioria encontra-se no marketing 1.0: entrega um bom benefício mentalmente, ou seja, o foco é a mente do consumidor: inserir a marca entre as escolhidas na decisão de compra, principalmente por produtos. Algumas empresas estão praticando o marketing 2,0: aquele
por: Marketing Viewer
21
jun

#Valor distinto!

O significado no dicionário para a palavra distinto : Que não se confunde com outro. Diferente.  Que não faz parte do outro. Destacado. Algumas perguntas frequentes  na consultoria  de marketing   : 1)Qual o valor distinto da marca  XY? 2)Como os clientes  da marca XY percebem este valor distinto? 3) Os clientes estão dispostos a pagar por este valor distinto? Identificar o valor distinto é um processo essencial para o desenvolvimento  da vantagem competitiva da marca. Este estudo inicia-se na origem da marca e suas competências. Investiga-se a história da marca em  sua raiz. O valor distinto é decodificado como posicionamento da marca, transformando-se
por: Marketing Viewer
05
maio

Branding :2+2=5 / Branding sensorial.

Ir além da expectativa do consumidor, surpreender e estimular os seus sentidos, pode ser uma alternativa para oferecer uma vantagem distinta através dos vínculos emocionais da marca. A equação 2+2 =4 é o básico. Pensar em transformar este resultado através do branding sensorial, usando o poder em ativar a mente das pessoas com componentes de marca que podem criar uma conexão mágica, magnética, distinta e duradora, trabalhando os cinco sentidos do ser humano (olfato, audição, tato, visão e paladar). Conforme Martin Lindstrom, incorporar nossos cinco sentidos tem funcionado espetacularmente bem ao conectar emocionalmente as pessoas aos rituais da fé. Pense nisso: a
por: Marketing Viewer
03
maio

(Re) pense o marketing. Sobre a perspectiva do ser humano!

A economia e a sustentabilidade do planeta precisam estar conectadas, desafiando os modelos de negócio para a responsabilidade corporativa, como processo e cultura estratégica das empresas .Este desafio exige que se repense o marketing. Parece um desafio utópico mas necessário, tanto para o planeta como para as empresas. A representatividade do faturamento de algumas empresas são maiores do que o PIB (Produto Interno Bruto)de alguns países. Então percebe-se a importância da responsabilidade destas empresas com o planeta. Como a Apple, que conforme as Nações Unidas, tem PIB maior que 104 países. Os consumidores são os responsáveis pela geração de recursos financeiros para
por: Marketing Viewer
02
maio

Norteadores estratégicos para não serem apenas quadros de decoração na parede da empresa!

  Quais são as inspirações da  marca que fazem os colaboradores, fornecedores, parceiros e consumidores transpirarem por “ela”?  Estas inspirações estão nos norteadores estratégicos, que devem ser verdadeiros, sustentáveis e inovadores , orientando e criando a cultura corporativa, resultando em uma importante vantagem competitiva, pois vai muito além do quadro de decoração na parede da empresa. Para a prática do marketing 3.0, os norteadores estratégicos devem ser uma filosofia empresarial, inseridos e vivenciados por todos os colaboradores, parceiros e fornecedores, transitando em todas as áreas da empresa, como um fio condutor. Focada na inovação aberta, abrindo espaço para que todos possam contribuir com o 
por: Marketing Viewer
51 9246.0751 | vm@veramuller.com.br
© MARKETING VIEWER 2017