Vídeo institucional

Artigos com a Tag: Consumidor

09
abr

Sony anuncia nova linha de televisores UltraHD

Seguindo a tendência do mercado de telas em altíssima definição, a Sony anunciou uma nova linha de televisores de resolução UltraHD. Com preços mais acessíveis que anteriormente, os novos aparelhos possuem telas entre 55 e 84 polegadas, com preços que variam entre U$ 5.000 e U$ 25.000. Além dos televisores, a empresa anunciou um media center de design diferenciado voltado à nova tecnologia de altíssima definição, que é capaz de fazer streaming de vídeo em resolução de 3.840 x 2.160 pixels, também conhecida como 4K. O UltraHD ou 4K é tido como o próximo passo para as telas de alta definição, e
por: Marketing Viewer
20
mar

Posicionamento claro e percebido pelo consumidor!

Para desenvolver um posicionamento a empresa deve definir estratégias como ela quer ser percebida pelo seu público-alvo, então a primeira fase é definir o público-alvo da marca. Para um modelo de negócio B To C (Business to Consumer), posso definir de forma demográfica (através da renda, sexo, escolaridade, localização, idade e ocupação) e psicográfica (está relacionado ao comportamento, estilo de vida, personalidade do consumidor). Na segunda fase deve-se identificar o benefício o qual será oferecido para consumidor. Este benefício deve ser claro e distinto, para que a marca possa inserir esta mensagem na mente do consumidor, ou seja, como ela irá se
por: Marketing Viewer
07
mar

O “novo”, ou talvez “mutante” consumidor

A web transformou a relação entre os consumidores e empresas: sua dimensão e a velocidade de disseminação de idéias são imensuráveis e sem fronteiras – um mundo de produtos e serviços com entrada livre, bastando apenas o acesso ao ambiente virtual. Na web, os consumidores têm o poder e a força de falar bem ou não de um produto , sendo muitas vezes os maiores responsáveis pelo sucesso ou insucesso de uma marca. O volume de informações disponível é ilimitado, de diversas origens, com praticidade e sem filtro, pois a internet é uma democratização de conteúdos e autores sem custo.
por: Marketing Viewer
20
fev

A reinvenção do varejo no ambiente real!

O varejo para manter e acima de tudo criar atratividade ao consumidor está se reinventando no seu modelo de negócio. Para que isto aconteça de uma forma planejada e sustentável é preciso marcar um posicionamento claro. Posicionamento claro está relacionado à identidade  da marca do varejo,o que reflete no  seu mix de produtos ,estratégias de preço, atendimento, e ambiente físico. Para o ambiente físico surge uma proposta de loja temporária permanente, ou seja, reinventa-se a cada lançamento. Em uma periodicidade programada ela fecha por alguns dias, e muda o  visual da loja. A loja deixa de ser estática, mas apresenta a mobilidade em
por: Marketing Viewer
20
fev

Os templos do varejo

Atualmente, produtos e serviços estão disponíveis em milhões de lojas pelo mundo, em sites de e-commerce, em catálogos, na venda porta a porta, entre outros. Por isso, a pergunta que está na cabeça dos estrategistas de marketing é a seguinte: como chegar ao consumidor com tantas opções de canais de distribuição? Estive  em Nova York e fiquei entusiasmada  com a gestão do varejo que vi por lá – os americanos são muito bons em deleitar seus consumidores, tornando impossível não comprar. Eles trabalham muito bem com o marketing sensorial – o aroma das lojas é hipnotizante, algumas contam com DJs para
por: Marketing Viewer
11
jan

Marketing de Relacionamento: Ponto para a LEGO!

É mais barato manter clientes satisfeitos do que tentar ganhar novos

68% dos clientes que deixam de consumir um serviço alegam má qualidade ou ausência de atendimento. Preço e qualidade do produto ficam apenas em segundo plano, com 9% e 14% respectivamente.

Recentemente, o pequeno Luka Apps e a gigante LEGO se tornaram um dos assuntos mais falados nas redes sociais e viraram notícia também nas mídias offline, como rádio, televisão e jornal impresso. Isto, porque a empresa possui excelentes funcionários que prestam serviço de pós-venda.

por: Marketing Viewer
24
dez

Compras por Assinatura

O Book-of-the-Month Club eraum serviço que entregava via correio “o melhor livro do mês”, uma escolha feita por críticos e escritores renomados. A solução de 1926 que auxiliava os atarefados trabalhadores a manterem-se atualizados e ligados ao melhor da literatura na época inspira hoje o comércio virtual.
Entenda o novo modelo de negócio que está ganhando espaço no Brasil.

por: Marketing Viewer
17
dez

Inteligência coletiva

A força da inteligência somada pela diversidade do conhecimento pode fazer a diferença estratégica da sua empresa. Esta inteligência deve ser coordenada de forma produtiva observando alguns pontos, entre eles: Tema: Organizar em uma pauta o tema a ser estudado, para isto, deve-se selecionar as pessoas que podem contribuir com este tema, e serão responsáveis por colocá-lo em prática. Mediador: É comum quando um grupo de pessoas reuniu-se para discutir um problema disperse do foco proposto, então o mediador tem o papel de “resgatar” a discussão para o tema. Tempo: Para uma boa performance sugiro que haja uma delimitação do tempo, hora de início
por: Marketing Viewer
26
nov

Apenas 5%!

A  concorrência é entre as marcas.Para ter sucesso na estratégica a marca precisa ter um valor distinto percebido pelo consumidor. Valor distinto e percebido pelo consumidor versus 5%, este é o mote deste post. Reflexão 1: Como a marca pode ter valor distinto se não faz nada diferente? Aqui  o jogo não refere-se a tudo ou nada, mas apenas 5%. Este é o highsight , para começar a estratégia do valor distinto para a marca. Simplesmente pense  no orçamento da sua empresa:  Separe apenas 5% para novos modelos mentais de negócio. Não estou fazendo uma análise de números absolutos, mas relativa.Neste momento não importa
por: Marketing Viewer
23
set

Marcas democráticas.

O mercado brasileiro está com uma demanda aquecida em muitos setores. Na lei de mercado entre oferta e procura em alguns segmentos a procura está maior que a oferta, neste caso o consumidor deve esperar a disponibilidade do produto desejado. Este fato ocorre por vários motivos, entre eles: 1) o incremento da classe C representando aproximadamente 101.000.000 de brasileiros (Pesquisa Cetelem – Ipsos 2011), os quais estão com mais poder de compra; 2) o baixo índice de poupança, ou seja, o brasileiro não tem o hábito de poupar, porém tem o hábito de consumir; 3)o consumidor tem maior acesso a informação,
por: Marketing Viewer
51 9246.0751 | vm@veramuller.com.br
© MARKETING VIEWER 2017